quarta-feira, 21 de maio de 2008

Dinha do Acarajé


Morreu Dinha do Acarajé.
Do Acarajé morreu Dinha.
Morreu do Acarajé Dinha.
Dinha do Acarajé morreu.

Não vi Dinha,
não sei quem é.
A notícia é simples:
Morreu Dinha do Acarajé.

Nunca fui à Bahia,
não provei acarajé.

É certo que Acarajé fazia.
Não fosse assim esse nome
não tinha.

Adeus, Dinha do Acarajé,
baiana legítima.

Com que olhos viveu?
De que gostava mais,
além de acarajé, se é
que gostava?

Por quem se apaixonou?
Tinha medos?
Tinha medo de barata, de avião?
Não sei de nada não.

Dinha, vai com Deus;
vieste à Terra com a
missão de ser baiana,
chamar-se Dinha e ser
do Acarajé. Vai com fé!

2 comentários:

drips e fefê disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Foi-se a Dinha !

Ana Muylaert disse...

Realmente a Dinha foi-se.Agora fica a pergunta que não quer calar:o que será do Acarajé?

Pesquisar este blog